Resenha do livro " Caçadora de unicórnios " - Ordem da Leoa - Livro 01 de Diana Peterfreund - Galera Record

Sinopse - Esqueça a lenda. Unicórnios não são fofinhos. Nem alados. Muito pelo contrário: são cruéis, carnívoros e venenosos. É o que Ariel cansou de ouvir de sua, digamos, "um pouco obcecada" mãe. Ao que parece, as duas fazem parte de uma longa linhagem de caçadoras de unicórnios, descendentes de Alexandre, o Grande. Ah, e o Bucéfalo? O famoso cavalo do mais temido conquistador da história? Sim, você adivinhou... Unicórnio. Claro que Astrid costumava zombar dessas excêntricas histórias - até que o namorado foi atacado por um... pônei com chifre? E salvo do estranho veneno por uma droga milenar, um remédio mítico feito à base de unicórnios e guardado com zelo insano pela mãe de Astrid. Por isso, agora ela está indo para um claustro em Roma. Um antigo centro de treinamento para caçadoras. No entanto, na antiga Ordem da Leoa, nem tudo é o que parece. Fora de seus muros, os unicórnios esperam para atacar. E dentro, Astrid enfrenta outras ameaças inesperadas: paredes cobertas de troféus de caça vibram com um poder terrível, as outras caçadoras, e até mesmo seus patrocinadores sugerem intenções escurssas; mas o mais perigoso talvez seja a atração crescente por um estudante de arte... uma atração que pode pôr tudo a perder...




Editora: Galera Record
ISBN: 9788501098603
Edição: 1 / Ano: 2013
Páginas: 364

Skoob / Onde Comprar

Diana Peterfreund é simplesmente genial! Não tem outra frase mais adequada para começar essa resenha! Como já confessei em outros momentos andei por um tempo (e ainda ando) meio cansada de séries, mas quando vi o titulo do livro abracei a ideia e solicitei sem criar expectativas. Se tivesse criado qualquer expectativa acho que ela seria mega superada pela narrativa rápida, inteligente, enxuta, jovem, divertida e engajada da Diana.

No volume 1 da "Série Ordem da Leoa" ela nos apresenta uma nova interpretação para a mitológica presença dos unicórnios em nossa história. Ela os transforma de seres iluminados em animais mortais, inimigos históricos da especie humana, capazes de grandes feitos, para tanto dialoga com a História Antiga e a Mitologia Grego-Romana. Foi uma delicia ver uma autora brincando com a história e aproveitando as lições oferecidas por autoras como J. K. Rowling em sua série Harry Potter e Stephenie Meyer na Serie Crepúsculo construir uma realidade secreta dentro da realidade conhecida.

"Caçadora de Unicórnio" é todo narrado em primeira pessoa pela Astrid Llewelyn, uma adolescente normal com 16 anos, estudante aplicada de ensino médio, apaixonada por medicina a ponto de ser voluntária no hospital. A coisa mais estranha na Astrid é a mãe dela, Lilith, uma mulher cheia de tenacidade, com ideias exóticas sobre unicórnios, herança genética e guerreiras protetoras do mundo das quais sua filha seria uma potencial lide no momento certo. Claro, a principio Astrid não acredita em patavinas, mas o livro não aconteceria se Lilith estivesse errada néh gente?

Pois é, o vol. 1 da série conta como Astrid descobre que sua mãe não é uma alucinada; perde o namorado bocô #MenosMal, se descobre uma caçadora descendente direta do Alexandre o Grande da Macedônia; vai parar na cidade eterna, conhecida popularmente como Roma; reencontra a sua impressionante e carismática prima Phill; conhece outras meninas com dons iguais aos dela; enfrenta batalhas alucinantes; encontra um namorado fofo e ver sua vida começar de verdade.

Astrid é incrível e todo o seu inicio de história igualmente fantástico, nada nessa série é previsível e o tempo todo nós estamos sendo apresentadas a elementos fantásticos porém possíveis, alucinantes capazes de nos prender ao livro de forma irremediável. Comecei a ler o livro em uma manhã de sexta-feira e estou escrevendo a resenha em pleno sábado a noite. Fazia muito tempo que um livro não me deixava assim alucinada, de volta aos melhores anos de minha adolescência, me sentindo jovem novamente. Já estou ansiosa pela continuação.




  Pandora
Jaci Clemente conhecida neste  mundo virtual como  Pandora. Estudante de História e  seu objeto de estudo preferido é História da Educação. É apaixonada por literatura fantastica, poesia, romances do século XIX e todo tipo de livro bem escrito, seu primeiro emprego foi com educação infantil, então também ama literatura infantil. Adora responder aos comentários feitos em suas resenhas tentando estar sempre presente .    e-mail  #   facebook   #  twitter  #  skoob
 

16 comentários

  1. Parabéns pelo seu Blog, muito bom! Se possível dê uma olhada no meu também: www.ismaelmachado.blogspot.com

    Abraço, Ismael

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já dei Ismael!!! Achei legal a proposta!!!

      Excluir
  2. Jaci, fiquei muito interessado nessa nova interpretação para os unicórnios - acho que sempre os vi como seres indubitavelmente bons! - então é uma sacada ímpar da autora fazer deles algo diferente disso.

    Também estou com um pé atrás com séries, mas sua resenha me fez ficar interessado no livro...é algo a se pensar para o futuro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também Luciano, sempre achei que eles eram bons!!! Mas de repente a autora fez uma coisa com eles que me deixou impressionada... E como uma adoradora de futilidades literárias já estou aguardando a continuação da série!!!

      Excluir
  3. Uau, parece alucinante! Nunca li uma história com unicórnios e pela empolgação da resenha esse livro deve ser uma ótima pedida ;)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei Elis!!! Então sou suspeita para falar!!!

      Excluir
  4. Muito boa a resenha!!! Unicórnios do mal?rsrsrs... estranho de se imaginar, porém gostei da ideia!!!

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivian, eu simplesmente achei a autora genial!!! Obrigada pelo coments!!!!

      Excluir
  5. Poxa, a sinopse acabou com minha infância :( #soquenão rsrs
    A Ariel me parece ser uma garota muito decidida nesse livro, e eu admiro pessoas assim.
    Sem falar que faz parte de uma série... estou mais apaixonada ainda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta de heroínas decididas estamos falando do livro certo!!! Você corre o sério risco de se apaixonar, eu me apaixonei!!!

      Excluir
  6. Sua resenha é incrível, tinha lido outra sobre esse livro, mas não me chamou muita atenção, lendo agora, a história parece ser muito legal, super original, e diferente...
    Parabéns pela resenha...

    Aguardando ansiosa para ler o livro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gislayne!!! Que bom que você gostou da resenha!!! O livro foi mesmo uma experiencia diferente, porém boa!!! Super recomendo!!!

      Excluir
  7. Gostei muito da resenha e estou bastante ansiosa para ler o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maristela!! Espero que você goste do livro!!!

      Excluir
  8. gostei muito da resenha, achei interessante transformarem criaturas tão amáveis como unicórnios em "inimigos", torna a historia diferente e por isso atrai a curiosidade, a editora também é ótima eu simplesmente amo os livros da editora galera record, não vejo a hora de ler esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que foi o primeiro livro da Galera que li Lúrian e já sou fã, é uma editora que capricha no trabalho e eu amei a ideia do livro e o jeito da autora... Sou fã desde já!!!

      Excluir

Obrigado pela sua visita!
Seu comentário é muito bem vindo!
Volte sempre !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...