Resenha: Além da Magia - Tahereh Mafi

Edição: 1
Editora: Universo dos Livros
ISBN: 9788550301518
Ano: 2017
Páginas: 36

"Há apenas três coisas importantes para Alice Alexis Queensmeadow, de 12 anos: sua mãe, que não sentiria sua falta; magia e cor, os quais parem escapar dela; e seu pai, que sempre a amou. No dia em que seu pai desapareceu de Ferenwood, ele levava consigo apenas uma régua. Já se passaram quase três anos e Alice está determinada a encontrá-lo. Ela o ama tanto quanto ama aventura, e está prestes a embarcar em um para encontrar o outro.No entanto, trazer seu pai para casa não será tão fácil. Alice precisa viajar através da mística e perigosa Terra de Furthermore; onde para baixo pode ser para cima, papel está vivo e esquerda pode ser direita. Sua única companhia é um garoto chamado Oliver, cuja habilidade mágica é mentir e enganar – e com um mentiroso em uma terra onde nada é o que parece ser, requisitará de Alice toda sua concentração para encontrar seu pai e conseguir voltar para casa sã e salva. Em sua jornada, Alice precisa se encontrar- e se agarrar à magia do amor diante da perda."





Tahereh Mafi é uma autora extremamente talentosa, não há dúvidas sobre isso. Sua narrativa é fascinante, e ela possui a habilidade de te envolver na história ainda que os personagens ou o que está efetivamente acontecendo nessa história não seja lá a coisa mais interessante do mundo.

Eu pude perceber isso com a leitura da trilogia que mais contribuiu para estabelecê-la como uma escritora conhecida: "Estilhaça-me", que já li e resenhei aqui no Blog. No fim, ainda que tenha encontrado diversos pontos positivos ali, eu me vi em uma posição onde não sentia que precisava de outras experiências com a autora, afinal, mesmo que muito talentosa, ela não parecia ser do tipo que escreveria histórias nas quais eu realmente me interessaria por inteiro, e com as quais não teria tantos problemas quanto tive com Estilhaça-me.

Claramente, no entanto, aqui estou eu com mais um de seus livros para resenhar. Iniciei a leitura sem realmente prestar muita atenção no nome da autora. Passei o olho pela capa, sem dar muita importância e me sentei para o que seria um dos livros mais surpreendentemente rápidos e interessantes que li em muito tempo.

Apenas depois que me vi verdadeiramente apegada à história, aos personagens, e, claro, à narrativa, foi que eu decidi realmente prestar atenção ao título, à capa e à autora. E lá estava ela: Tahereh Mafi, me surpreendendo com sua escrita, ainda muito boa, mas estranhamente diferente da anterior; e com seus personagens tão tão mais envolventes que aqueles de minha outra experiência com ela.

E devo dizer, dou quatro estrelas a esse livro certa de que Além da Magia - na minha opinião, claro - mereceria muito mais se tornar uma trilogia, que Estilhaça-me. 

Personagens interessantes e cuja química funciona sem parecer forçada, escrita que se encaixa perfeitamente com a história sendo narrada, e uma criatividade assustadora sendo exibida página após página.

Algo que eu muito admiro em autores, é quando eles são capazes de te mostrar um mundo incrivelmente fantasioso, repleto de elementos muito distantes da realidade, e ainda assim fazê-lo parecer convincente e real. E foi isso que Tahereh Mafi fez aqui. Posso dizer que minha admiração por ela cresceu grandemente.

Claro, nada é perfeito, e nesse caso eu diria que o que mais me incomodou foi o final. Antes de qualquer coisa, devo dizer que eu talvez até entenda o que a autora pretendeu ao apressar os acontecimentos finais como fez. Talvez ela quisesse deixar claro que o foco da história fora a jornada dos personagens e seu gradativo crescimento como pessoas. Talvez ela simplesmente achasse que tudo se tornaria muito monótono e alongado fora da necessidade se ela desse aos últimos capítulos um pouco mais de atenção e detalhe.

Mas seja qual tenha sido o motivo por trás disso, ainda me pareceu estranho que nós tenhamos passado por tantas cenas tão detalhadas, tão elaboradas, que tenhamos percorrido toda uma jornada com os personagens, que tenhamos nos envolvido com eles, que estivéssemos torcendo por eles, para o seu sucesso, para que no fim recebamos algumas poucas páginas de um final sem grandes detalhes, dificuldades, ou emoções.

Entendo que os personagens tinham em suas mãos o que precisavam para completar sua missão - que já havia sido muito complicada por muito tempo - e não faria sentido que precisassem passar por muitas outras dificuldades para fazê-lo. 

Mas ainda assim, aquela coisa que eu falei da sensação de realidade passada pela autora se desmanchou gradativamente nas últimas páginas de um livro que, se fosse apenas um pouquinho mais longo, poderia ter sido quase perfeito para mim.

Houveram, devo admitir, algumas estranhas conveniências no decorrer da história que meio que já vinham anunciando essa derrocada, mas nada que eu considere que tenha realmente atrapalhado a história, afinal, como eu disse, os personagens passaram por diversos desafios. Alguns, inclusive, que me surpreenderam com seu peso e sua dureza em um livro que parece, superficialmente, ser tão leve e positivo.



Livro cedido em cortesia pela Universo dos Livros 
*Encontro Blogueiro Bienal02017



2 comentários

  1. Oi, Ana! Oi, Irene!
    Nossa, tem tempo que não venho aqui..
    Então, eu amo a Tahereh mas esse foi um livro que não bateu a vontade louca alucinada de ler..
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    Estilhaça-me é m dos livros que ainda não terminei, não por não ter gostado, mas sim por ter sido bom. Não li putros livros da autora, mas pela resenha "Além da magia" é um livro que vale muito a penas.

    Parabéns pela resenha.

    Abraços.

    R.W.

    https://www.newsfallenbooks.com/

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita!
Seu comentário é muito bem vindo!
Volte sempre !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...