Resenha "A Garota do Calendário Janeiro" de Audrey Carlan


Edição: 1
Editora: Verus
ISBN: 9788576865063
Ano: 2016
Páginas: 144


Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.



Fiquei muio feliz quando recebi uma prova do livro A Garota do Calendário Janeiro da  Verus Editora. Como uma leitora romântica por natureza e apreciadora de tudo do gênero claro que gosto muito ler romances hot e este me levou a infindáveis suspiros de tão prazerosa que foi sua leitura. Não tenho dúvidas de que a série  A Garota do Calendário será "um fenômeno editorial do ano" e que mesmo depois de ler seus 12 livros ainda vamos querer mais.

Mia Saunders é uma jovem de 24 anos que se encontra aflita com um grande problema que seu pai se metera com seu ex-namorado que lhe emprestara "mais do que ele podia pagar." Sem condições de pagar seu pai acaba sendo espancado por seus capangas estando em coma no hospital e seu estado é muito grave. O pior é que se não receberem o dinheiro vão matá-lo e depois vão atrás de Mia e sua irmã Maddy.  Como poderia Mia um dia ter pensado que o amor deles era um conto de fadas.
"Amor verdadeiro não existe. Passei anos imaginando que existisse."
A dívida é de um milhão de dólares importância que Mia não tem como pagar e a única saída que ela encontra é ser acompanhante de luxo na agência de sua tia Millie - irmã de sua mãe. Sua tia é uma mulher bonita e nos trinques mesmo estando na faixa dos cinquenta anos. A tia sabe que sua sobrinha tem um tipo de beleza que vai ter sucesso e logo Mia está sendo contratada para ser a Garota Calendário sendo acompanhante por um ano de um homem a cada mês.Ela irá ganhar mensalmente cem mil dólares e com isso, ao final de 12 meses, ela terá quitado a dívida e terá como pagar a faculdade da irmã e todas as despesas. Mia não precisa  fazer sexo e caso queira ela ganhará vinte por cento a mais.
"Pensamentos de como é que eu ia dar conta desse trabalho rodeavam minha mente feito abutres ferozes, caçando e bicando minha moral, um a um, como se ela fosse uma presa disponível."
Seu primeiro cliente é Weston Charles Channing (Wes) um famoso roteirista de cinema. Um homem de seus trinta anos, lindo e maravilhoso por quem as mulheres ficariam loucas e perdidas de desejo. A função de Mia é manter essas "garotas" longe dele nos eventos para que possa tratar de negócios tranquilamente. Seria uma boa experiência e ela ia tentar aprender algo para sua carreira de atriz. Mia fora escolhida por ele e sua mãe para passar vinte quatro dias em sua casa em Malibu. O restante dos dias seriam para que descansasse e se arrumasse para o próximo cliente. 

Impossível Mia não se sentir atraída por Wes que simplesmente é um homem lindo, maravilhoso, sexy e tudo de bom. Por sua vez Wes também ficou atraído por ela e com todo seu charme não tem Mia que aguente.  Entregam-se a forte atração que sentem fazendo sexo todos os dias e tendo que seguir as regras como nada de dormir juntos e se apaixonar. A interação entre eles é única e durante esses dias a relação e amizade vai fortalecer além do carinho que ela recebe de seus pais e amigos. 

Para Mia era como se fosse sua assistente pessoal e não uma prostituta, era "um trabalho de verdade". Chega o dia de ir embora e a despedida é difícil, mas Mia está focada em pagar a dívida e cuidar de seu pai e sua irmã garantindo um vida melhor para sua família mesmo que tenha que fechar seu coração.
"- ... proteja seu coração. Este negócio não é para qualquer uma, e você já teve uma jornada difícil. Aproveite esse tempo para se divertir, se soltar e experimentar tudo o que a vida tem a lhe oferecer. Provavelmente vai ser uma das poucas vezes na vida em que você terá essa chance."
A Garota do Calendário Janeiro é uma leitura que tem cenas de sexo, sim e muito, mas envolvida por uma história cercada por um clima de amizade, família, carinho, amor e toda uma sedução em que os personagens me conquistaram em um piscar de olhos. Ao final desta prova tem o primeiro capítulo de A Garota do Calendário Fevereiro e só vou adiantar que Mia vai para Seattle se encontrar com um artista francês que acredito que seja outro pedaço de mal caminho. Estou ansiosa para saber o que vai rolar nesse mês.

Tem muitos leitores que não apreciam esse gênero, mas acredito que iriam gostar da história de Mia e esta série é uma ótima oportunidade. A história é narrada através da visão da Mia tendo que ressaltar que a autora Audrey Carlan usa uma narrativa leve e breve que encanta e te envolve. Com poucas páginas é uma leitura rápida e contagiante que ao término nos faz querer acompanhar Mia em sua jornada durante os outros onze meses. 


A Garota do Calendário é uma série de 12 livros que fez muito sucesso lá fora e serão lançados no Brasil pela Verus Editora. Os primeiros livros já estão em pré-venda.  

As capas prometem serem muito lindas mostrando toda a elegância e beleza que vão permear suas histórias em um mundo cheio de vida e cores.





3 comentários

  1. Oi, Irene
    Apesar de ainda não bater a vontade de ler esse livro, eu amei as capas
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oi Irene!

    eu gostei muito, a Mia é uma protagonista forte e espero ver o Wes nos outros livros!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Irene,

    Conheci essa série com o lançamento da Verus e fiquei chocada com o tamanho dela. Não sei se vou ler, ainda mais sendo tão grande. A autora tem que ser muito boa para manter o interesse do leitor em tantos livros. Sei não, ainda estou com o pé atrás.

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita!
Seu comentário é muito bem vindo!
Volte sempre !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...