Resenha do livro " Paixão ao Entardecer " - série Os Hathaways #5 de Lisa Kleypas


Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580413557
Ano: 2015
Páginas: 272




Sinopse
Paixão ao Entardecer - Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. 
Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles. 
Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga. 
A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio. 
Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles. 
De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é. 



Aviso que esta essa resenha pode conter spoilers
para quem ainda não leu os livros anteriores dessa série
============================================== 



Manhã de Núpcias é o quinto e último livro da série Hathaways que pertence aos Romances de Época da Editora Arqueiro. Encerramos a série com a história de amor  da jovem Beatrix, a irmã mais nova dos Hathaways. Ela era uma moça diferente que cavalgava e passeava pelos bosques, adorava animais e a cada dia aumentava o número de seus bichos de estimação bem atípicos. Sua irmã Amélia sempre se questionava quem seria o homem ideal para ela e tinha dúvidas se ela chegaria a se casar.  Então quem será que  conquistou seu coração?


“Tudo começou com uma carta.”    


Beatrix estava na casa de sua amiga Prudence, “beldade suprema do condado de Hampshire,” e ela comentou sobre uma carta que recebera do capitão Christopher Phelan, seu pretendente. Ele mencionara em sua carta sobre um cachorro e o resto sobre as batalhas que enfrentara, mas Prudence não mostrava interesse em se corresponder com Christopher que estava lutando na Crimeia. Beatrix ficou surpresa com a atitude da amiga lhe entregando a carta para que lesse e respondesse em seu nome.


Beatrix tentou convencer a amiga que estavam em tempos de guerra e que realmente não haveria coisas agradáveis para contar. “Prudence deu de ombros.”


Os Hathaways eram tidos como uma família “diferente” que era composta de cinco irmãos  e um deles, Leo, herdara o título de visconde. Com isso foram morar na propriedade de Ramsay, ao sul de Hampshire.  Depois de um tempo se adaptaram a sociedade local e apesar  de terem fortuna não se preocupavam em “melhorar sua situação casando com pessoas de nível social mais alto. “ Até agora todos “haviam escolhido casarem por amor.”


Bea considerava Christopher um homem arrogante depois que ouvira comentários em um baile local de que ela era “uma criatura estranha” e que era “mais adequada aos estábulos do que aos salões.” Depois que lera a carta dele foi pega de surpresa, pois não esperava por isso. Suas palavras a comoveram.


Christopher era o segundo filho de uma família próspera, bem relacionado com as damas de Londres e aos 22 anos comprara uma patente de oficial do Exército. John, seu irmão, por ser o filho mais velho herdaria a propriedade de Riverton, em Warwickshire, após a morte do conde,   seu avô materno.  John era casado com Audrey que era quem mandava as cartas para sua cunhada Prudence.


Na carta Phelan conta sobre um cachorro que o seguia por toda a parte desde que seu dono morrera em combate. Era um terrier de pelo duro chamado Albert. Ele era bravo e grania quando chegasse perto dele.  Estando na guerra era inevitável que escrevesse contando notícias tristes, de achar que estar condenado ao inferno por matar tantas pessoas e questionar se há algum lugar tranquilo no mundo.


Beatrix começa respondendo a primeira carta escrevendo o que seu coração pede e dessa muitas outras são escritas. Christopher a cada carta que recebe vai se apaixonando cada vez mais por quem as escreve e o mesmo acontece com a jovem Bea.


Sabendo que não pode continuar escrevendo Bea envia uma última carta para Cristopher.
"Não sou quem acha que sou.
Não tinha a intenção de enviar cartas de amor, mas foi isso que elas se tornaram. No caminho até você, as palavras se transformaram nas batidas do meu coração gravadas em papel."
Volte, por favor, volte para casa e descubra quem sou.”


Phelan volta como um herói de guerra, um homem mais maduro e tendo que conviver com os traumas causados pela guerra. Prudence passou a ter total interesse em ser cortejada por ele, pede a Beatrix segredo sobre as cartas e entrega as cartas que ele enviara. Será que ela vai conseguir convencer Phelan de que é a autora das cartas? Ela sabe o que ele escreveu, mas desconhece o conteúdo das cartas que Beatrix escrevera.


Beatrix vai ajudar a adestrar o Albert e com essa proximidade Christopher passa a frequentar a casa dos Hathaways. Vai se surpreender com a sua maneira descontraída, sua franqueza e inocência que torna alguns momentos hilários. Será que Phelan vai conseguir descobrir quem é a mulher que ele ama?


“Até poder tê-la em meus braços, essas palavras cansadas são o único modo de alcançá-la. Que pífia tradução de amor elas são… Palavras jamais poderiam fazer justiça a você ou capturar o que significa para mim.
Ainda assim… amo você. Juro pela luz das estrelas… não deixarei essa Terra até lhe dizer pessoalmente essas palavras.”

Lisa nos presentou com uma série que marcou para sempre o coração dos seus leitores. Suas histórias de amor me envolveram , sua forma de escrita gostosa que me prendeu na leitura  enquanto não chegasse à última página.  Parabéns a Editora Arqueiro pelas lindas capas, pela apresentação impecável que vai estar presente em minha estante no lugar dos meus livros favoritos.






Irene Moreira Amante da comunicação, da arte de ensinar precisa transbordar seus sentimentos, conhecer pessoas, passear por lugares diferentes. Uma forma que a completa é ler e  escrever interagindo com esse mundo virtual. Aprecia uma boa leitura, mas é apaixonada por romances e suspenses.  e-mail  #   facebook   #  twitter  #  skoob

Um comentário

  1. oi minha linda! sua resenha só me deixa com mais vontade de ler! os Hathways me conquistaram de primeira e agora ter que dar tchau da um aperto no coração, mas eu to louca pra ler a história da Bea!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita!
Seu comentário é muito bem vindo!
Volte sempre !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...