Resenha do " O Livro do Amanhã " de Cecelia Ahern

Sinopse:

Nascida no luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali, ela encontra um livro muito misterioso. Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas. No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino.







Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630342
Edição 1 / Ano: 2013
Páginas: 368






Começo dizendo que preciso ser conquistada pela personagem, melhor ainda se me apaixonar por ela, mas não aconteceu nessa história, muito pelo contrário. Tamara tem 16 anos e já fiquei com o pé atrás porque não tenho boas experiências com personagens juvenis. Ela é metida, grossa, mal educada, irritante e tudo mais para não se gostar dela. E é ela quem conta a história.

Menina rica acostumada a ter tudo, após o suicídio do seu pai por ter falido, é obrigada a mudar-se com a mãe para o interior para morar na casa de um tio. Esse pouco fala, muito estranho e uma tia que quer controlar tudo, inclusive a proibem de sair da propriedade onde moram. Fica claro para Tamara que eles escondem algum segredo e ela vai tentar desvendar.


Sua solidão só é aplacada quando surge uma biblioteca itinerante, não que ela seja o tipo que gosta de ler, mas por Marcus, o rapaz que cuida da biblioteca e que é bonitinho. Mexendo por lá ela encontra um livro misterioso fechado com uma fivela e cadeado e ela o leva para tentar abrí-lo e descobrir o que há nele, pois nem mesmo continha quem era o autor. Ao abrí-lo ela encontra todas as páginas em branco e deduz que seria um tipo de diário e decide escrever nele.
No dia seguinte quando pega o livro para escrever tem uma surpresa, há uma página escrita com a letra dela e com data do dia seguinte.

"Como seria se soubéssemos o que o amanhã nos reserva?
Nós o consertaríamos?
Será que conseguiríamos?"

No início da história a narrativa é bem lenta e chega a ser chata. Então se você não for daqueles que insistem, vai deixá-la.  Durante vamos vendo Tamara amadurecendo, mudando sua forma de ver as coisas, mas para mim não bastou para se transformar numa ótima história. E se você está achando que vai descobrir que livro era esse, desista, a autora não conta, o que muito me decepcionou.

Book Trailer





Luci Cardinelli  Professora, atuou como profissional do mercado de capitais e atualmente é artesã. Além disso é amante da leitura e apaixonada por filmes, principalmente pelos antigos e dramas, só não assiste terror e acompanha diversas séries da TV. Ama arte, viajar e MPB.




9 comentários

  1. Não curti esse livro, mesmo. Quero trocá-lo o quanto antes. Foi extremamente mal construído, e é tipo, da mesma autora de P.S. Eu te amo, cara! Como pode? Eu li agora O Presente e foi tão bom... Ela tinha uma boa ideia em mãos, mas não soube utilizá-la :/

    Clara
    @mmundodetinta
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Gostei bastante dos diálogos e achei o final surpreendente. =]

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei esse livro quando o li, foi ele que me fez mudar de opinião sobre a autora e me fez perceber o quão genial ela é. De quebra, ainda consigo olhar, à distância, para o outro livro dela que li, o "A Vez da Minha Vida" e enxergá-lo com outros olhos. Hoje ela é uma escritora que anseio ler tudo o que ela publica, rsr.

    Adorei a resenha, mal posso esperar para ler o "O Presente".

    ResponderExcluir
  4. admito que ainda não li nenhum dos livros da autora, então não tenho como dar a minha opinião quanto a sua escrita.
    admito também que não tenho muita curiosidade em ler os livros dela, apesar de já ter visto várias resenhas positivas
    uma pena você não ter gostado, e acho que para mim a leitura também iria ser exaustiva, igual foi para você ;x

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho muita curiosidade de ler os livros da Cecelia, embora, pelo que ouço por aí, este não é dos melhores dela. é uma pena, porque tem uma história bem curiosa.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro sempre me chamou atenção, quero muito lê-lo, gosto de persistir em histórias, e creio que vou amar, mesmo a menina sendo uma pobre menina rica.

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkkk... E no final eu acabei rindo... Como pode criar buracos de mistério e não abrir?!?! Se bem que o perfil adolescente mimada é bem Cecelia, a protagonista do P.S. Eu te amo também era um caso assim, uma mulher de 30 cujo primeiro desafio realmente tenso é sobreviver a uma viúves precoce, mas que é tão mimada por tudo e todos que as vezes me fez ter inveja dela... Enfim... Eu não desgosto da Cecelia, acho que ela é uma autora com potencial, mas falta a ela um tempero de dificuldades na vida para pode passar isso nas histórias dela.

    ResponderExcluir
  8. A estória é bem interessante. Mas é uma pena que além da protagonista ser bem chatinha, a narrativa é lenta. Provavelmente será um livro que se eu pegar para ler, demorarei muito para acabar pois geralmente eu costumo ficar arrastando a leitura quando a narrativa é lenta, para não abandonar de vez já que eu não gosto de deixar a leitura pela metade.
    Este é um livro que tentarei evitar.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  9. Amei você ter colocado o booktrailer, fiquei curiosa! Resenha maravilhosa, também!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita!
Seu comentário é muito bem vindo!
Volte sempre !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...