Resenha do livro "O Reino" de Clive Cussler - Editora Novo Conceito



Sinopse: 

Em Spartan Gold e Lost Empire, Clive Cussler levou os leitores ao mundo do time do casal Sam e Remi Fargo, em que suas paixões e instinto para caçar tesouros trouxeram descobertas extraordinárias e jornadas perigosas.
A próxima aventura do casal, no entanto, pode ser mais ainda aterrorizante.
Os Fargos são especialistas em caçar tesouros e não pessoas. Mas, então, um barão do petróleo de Texas os procura com uma pedido pessoal: um investigador amigo dos Faros estava em uma missão para procurar o pai do barão, porém, agora ele também está sumido. Sam e Remi seriam capazes de procurar pelos dois? Apesar de não ter adicionado muita informação sobre o caso, Fargos concorda em começar a procura.
O que eles encontrarem irá além do que eles imaginaram. Em uma viagem que os irá levar a Tibet, Nepal, Bulgária, Índia e China, os Fargos serão envolvidos com um mercado negro de fósseis, um baú centenário e o ancião do Reino Tibetano de Mustang, um dirigível do século anterior... e um esqueleto que poderia virar a história humana de cabeça para baixo.

Autores: Clive Cussler; Grant Blackwood
ISBN: 9788581630380
Selo: NOVO CONCEITO 
Ano: 2012
Edição: 1
Número de páginas: 336
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: AVENTURA


Depois do famoso "O Espião", foi a vez de ler "O Reino", o segundo livro lançado pela Editora Novo Conceito do autor Clive Cussler, porém agora em parceria com o autor Grant Blackwood. Sempre seus livros são marcados por bastante aventura e suspense, ingredientes que eu amo e não é surpresa para ninguém que acompanha o blog.

Dessa vez não temos o detetive, na qual sou fã, Isaac Bell e vamos encontrar pela frente o casal Sam e Remi Fargo, ambos são caçadores de tesouros. Sam é engenheiro e Remi é graduada em antropologia e história. Juntos, apaixonados e aventureiros, se arriscam nas mais variadas viagens e muitas vezes, correndo sérios perigos, colocando em prova as suas vidas para obter sucesso em cada busca incessante de algum tesouro antigo e valioso. 

Durante suas férias, em pleno mar na Sumatra, surge um barco da patrulha costeira trazendo uma mulher asiática chamada Zhilan Hsu. A mesma entra no barco dos Fargos e convoca-os para uma reunião junto com seu patrão, o Sr. Carlos King. Eles vão ao encontro do enigmático King, um bilionário que ficou rico graças as descobertas de petróleo em lugares do Texas e aos poucos foi expandindo os seus negócios. A conversa é nada mais do que uma proposta. O ricaço quer que os Fargos encontrem seu pai, desaparecido á 38 anos no Nepal. Porém King explica que contratou o Sr. Frank, um amigo de Sam e Remi, com esse mesmo objetivo e ele desapareceu também. Como o casal são caçadores de tesouros e não de pessoas, ficam balançados por se tratar de um amigo deles que estava desaparecido e acabam aceitando a proposta de achar o pai de King e Frank. 

"Sam contou o encontro deles com Charlie King: - Remi e eu discutimos o caso no avião. Ele diz todas as coisas certas e desempenha direitinho o papel de bom sujeito do interior, mas algo não cheira bem quanto a ele" (página 40)

Ao longo da leitura, os Fargos descobrem rapidamente que na verdade estão em busca de um artefato valioso para o bilionário. O mesmo enganou o casal afim de conseguir o que deseja. 


"Uma pergunta melhor: como agora parecia claro que Charles King tinha interesses ulteriores inteiramente diferentes daquelas que compartilhara com Sam e Remi, como eles iriam agir? Do que King estava atrás, e qual era a verdadeira história por trás do desaparecimento de Frank Alton" (página 105)

Sam e Remi acabam vivendo uma aventura na qual abrange diversos lugares do mundo, pois tudo esta interligado. Com a ajuda da inteligente assistente Selma que consegue descobrir tudo que lhe é perguntado, cada pista descoberta vai montando o quebra-cabeça dessa angustiante história e muitas reviravoltas acontecem.

Me senti como em um filme de Indiana Jones ao ler esse livro. O autor também nos ajuda a se sentir assim, pois ele consegue descrever cada cena com tantos detalhes que é impossível você não achar que esta realmente dentro desse universo que o livro retrata. Achei também interessante o lado histórico durante a leitura, pois como no "O Espião", esse também faz com que aprendemos mais sobre outras culturas.

O casal Fargo tem a sintonia perfeita. Em muitas passagens, podemos dar algumas risadas, pois mesmo em situações difíceis, eles muitas vezes , elogiam um ao outro, fazem alguma piadinha, deixando a história bem descontraída.

A capa do livro segue o mesmo padrão de "O Espião" com imagens de quadrinhos retrô que embelezam ainda mais todo o conteúdo em seu interior. Sobre a diagramação, encontrei alguns erros, mas nada que tirasse o brilho da história. 

Soube pesquisando pela internet, que esse é o terceiro livro envolvendo o casal publicado pelo autor, porém no Brasil, ainda não foi lançado os outros dois. Como cada livro é uma história diferente, nada impede de ler "O Reino" sem ter lido o restante. 

Gostei bastante da leitura e achei "O Reino" melhor do que "O Espião", apesar de serem histórias com enredos completamente diferentes. Esse livro conseguiu prender mais minha atenção, pois é aventura do início ao fim.





  Irene
Irene Moreira  é uma mulher que gosta do que faz bem a alma. Amante da comunicação, da arte de ensinar precisa transbordar seus sentimentos, conhecer pessoas, passear por lugares diferentes. Uma forma que a completa é ler e  escrever interagindo com esse mundo virtual. Aprecia uma boa leitura, mas é apaixonada por romances e suspenses.Conhecida na blogosfera como a M@myrene .

 e-mail  #   facebook   #  twitter  #  skoob

27 comentários

  1. Olá minha querida Irene vim te deixar um abraço e colar na tua página este lindo pensamento de um autor desconhecido que diz:
    Que o vento suave refresque seu espírito,
    Que o sol ilumine seu coração,
    Que as tarefas do dia
    não sejam um peso nos seus ombros,
    E que Deus envolva você no manto
    do seu amor.
    Uma noite abençoada e uma linda semana que inicia.
    Abraços Lourdes Duarte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Lourdes!
      Uma ótima semana linda e abençoada para você também.
      Abraços

      Excluir
  2. Acredito que meu marido gostaria desse livro. Parece ser um tema mais masculino, com suspense, aventura. Talvez eu esteja enganada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Summy acho que é uma história que agrada tanto ao público feminino e masculino. Para quem gosta de livros de aventura e suspense recomendo, pois é muito bom.

      Excluir
  3. já vi várias resenhas deste livro, e apesar de não me interessar muito por ele, tenho vontade de ler!
    parece ser um livro divertido, mas não é o tipo que me prende muito a atenção :S

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom Rayme. Uma boa aventura onde o casal Fargo apesar de enfrentar situações difíceis e perigosas não perde o bom humor que nos faz dar boas risadas.

      Excluir
  4. Eu gostei da história, parece ter muita aventura, que eu gosto bastante.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para quem gosta de muita aventura recomendo. Bom demais!

      Excluir
  5. Irene, eu adorei "O Reino", o casal Fargo é um show a parte, e tem mesmo, como você disse, uma sintonia fina, um bom humor contagiante. Espero que mais aventuras deles sejam lançadas por aqui em breve, agora quero ler o mais rápido possível o "A Caçada".

    Adorei a resenha ;) Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  6. Irene, você e o Luciano são tão unanimes em afirmar que o casal Frago vale a pena que eu fico até com vontade de ler, e olha que nem gosto muito do gênero... Sua resenha ficou ótima, mostrou o quanto a história é envolvente, deu vontade de correr na livraria, compra e ler.... Obviamente que só foi vontade porque eu tenho mais livro pra ler do que tempo disponível shasuahsua.... Cheros nega, parabéns pela resenha deliciosa.

    ResponderExcluir
  7. eu ainda não li nada do autor. pretendo ler a caçada esse ano xp
    gostei da sua resenha, me movtivou muito sabe

    ResponderExcluir
  8. eu gostei, estou pensando em comprar de presente para meu marido, ele adora livros de aventuras.

    ResponderExcluir
  9. Irene!
    O livro é realmente maravilhoso. Foi o melhor da série, no meu ponto de vista, até agora.
    Gosto demais como o autor detalha os ambientes e locais e como faz a trama ficar tensa.
    Parabéns pela resenha.
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!
    “Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.”(Martha Medeiros)

    ResponderExcluir
  10. Estou meio insegura com relação a leitura desse livro, mas parece ser legal

    ResponderExcluir
  11. Nunca tive muita vontade de conhecer a obra deste autor pois as resenhas que li eram de histórias que não me interessaram. Porém esta resenha foi diferente! Acho que finalmente vou dar uma "colher de chá" e colocar esta obra na minha lista de próximas leituras. Parabéns pela resenha, conseguiu aguçar minha curiosidade sobre um autor que já tinha descartado faz tempo.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nenhum dos livros deste autor, mas também adoro aventura e suspense e este parece ser mesmo muito bom, gostei do enredo, me deixou bastante curiosa pois adoro livros que nos faz "entrar na estória" junto com os personagens. Achei bem legal cada livro com estes personagens possuírem uma estória diferente, assim podemos ler fora da ordem também! :)

    ResponderExcluir
  13. Gostei da resenha e estou super ultra mega curiosa para ler os livros de Clive Cussler, amo aventura, investigação e espionagem que são marca dos livros de Clive...Quero muito O reino, o espião, a caçada e a conspiração..vou colocar moeda no meu cofrinho urgentemente...
    :D

    ResponderExcluir
  14. interessante, até hoje li poucos livros de investigação.

    ResponderExcluir
  15. Não li nenhum livro do autor, mas tenho curiosidade para conhecer a escrita dele, e amo aventura e suspense, então creio que vou gostar.

    ResponderExcluir
  16. que capa linda! nao conhecia esse autor nem esse livro. fiquei com vontade de ler!

    ResponderExcluir
  17. Já li esse livro e adorei! sabe aqueles personagens que fazem vc se apaixonar por eles?,
    foi o que aconteceu comigo com Sam e Remi,
    Adorei as aventuras desse casal, adoraria ler os os outros dois livros deles, seria ótimo se publicassem aqui no Brasil.. *-*

    ResponderExcluir
  18. Bom, eu achava que se tratava de uma série ou trilogia no principio por causa dos mesmo padrão de capas (lidas aliás) só depois de um tempo que soube que cada livro era uma história diferente, adoro livros de mistério e como nunca li nada do Clive Cussler estou muito ansiosa pela leitura.

    ResponderExcluir
  19. Oi adorei a resenha quero ler toda a série!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Também li "O Espião" e, apesar de achar alguns momentos massantes, gostei bastante da escrita do Clive Cussler. Legal saber que "O Reino" é aventura do começo ao fim, e que é melhor do que "O Espião". Ou seja, tem tudo pra eu gostar também, pois sou fã de tramas que nos deixam praticamente sem ar.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  21. Sou muito fã de livros de ficção e aventura, estou curiosa para ler esse livro...

    ResponderExcluir
  22. Esse livro é continuação de outro livro?
    Porque eu vi outros temas parecidos,como o espiao e a caçada

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita!
Seu comentário é muito bem vindo!
Volte sempre !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...