Resenha do livro " Um Ano Inesquecível" de Ronald Anthony - Editora Novo Conceito




Sinopse: Você acredita que o amor pode durar para sempre?
Jesse Sienna não. O casamento de seus próprios pais era respeitável, mas sem paixão; e sua própria história romântica indica que o amor queima ardentemente antes de desaparecer por completo.
Então, quando seu pai, Mickey, muda-se para sua casa e parece não compreender o relacionamento superficial de Jesse com sua atual namorada, mas Jesse não lhe dá atenção. É apenas um exemplo do quão diferentes eles são e fica mais evidente que ele e seu pai nunca terão uma ligação mais profunda.
Mas a verdade é que Mickey Sienna conhece mais sobre amor do que a maioria das pessoas consegue aprender na vida toda.
Há mais de cinquenta anos, ele encontrou o amor mais verdadeiro que a vida pode oferecer. Ele sabe das infinitas recompensas de investir seu coração e sua alma em alguém... E conhece o prejuízo devastador de deixar esse alguém perfeito escapar.
Quando Mickey percebe que Jesse não está dando valor a uma mulher extraordinária, decide que é hora de contar a história que nunca contou para nenhum de seus filhos a Jesse. Durante os meses seguintes, Mickey mostra seus momentos mais particulares e felizes para seu filho... e muda a percepção de Jesse em relação ao amor e as possibilidades de um relacionamento duradouro para sempre.


Autor: Ronald Anthony
Titulo: Um Ano Inesquecível
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2012 / Edição: 1
Número de páginas: 304

5 livrinhos


“O amor nem sempre morre. Às vezes, transcende tudo.” (p. 302).
Um Ano Inesquecível me emocionou muito. Nele encontramos 3 histórias de amor e a que mais mexeu comigo foi a relação de pai e filho. 
Mickey ficou viúvo e fez questão de continuar morando na sua imensa casa, mesmo não tendo empregada e sendo um fracasso na cozinha. Após quase colocar fogo na casa numa das suas tentativas de cozinhar, seus filhos viram  que não tinha mais como deixá-lo lá, e numa reunião chegaram a conclusão de que o melhor era coloca-lo numa casa de saúde. Mas enquanto  os outros conversavam, Jessé, o caçula e temporão, ficou pensando na relação dele com o pai, na relação que quase não existia, e surpreendendo a todos disse que levaria o pai para morar com ele, numa tentativa de poder conhecê-lo melhor. Sabia que seria difícil, mas queria tentar, e assim foi feito. Mickey tinha 83 anos e Jessé, 32, morava sozinho, escrevia artigos para jornais e revistas e namorava Marina, que lhe deu total apoio.
Jessé já teve grandes decepções amorosas, assim como Marina, e por isso tinham uma relação vivendo um dia de cada vez, sem planos e compromissos. Quando Mickey conhece Marina, fica encantado com ela e tem a certeza de que é a mulher certa para Jessé, mas se aborrece com a forma como o filho vive essa relação. Na intenção de mostrar a Jesse que ele pode jogar fora a mulher de sua vida, resolve contar-lhe um segredo, contar-lhe sobre um grande amor que teve.
A história é contada na primeira pessoa, por Jessé e na terceira pessoa e gostei muito da forma como o autor fez isso. Impossível não se envolver com os personagens e suas histórias. Impossível não se emocionar com a relação pai e filho, com a qual você também dá risadas. Foi o primeiro livro que li desse autor e gostei muito, é mais um daqueles que você não quer parar de ler, e assim como acontece com Jessé e Marina, também fica cheio de curiosidade com a história do amor de Mickey. Super recomendado!!!!

Só eu não gosto das capas com fotografias de pessoas, ou mais alguém?


Book Trailer


27 comentários

  1. Luci, eu gostei muito deste livro, foi bem melhor do que esperava, ele é realmente tocante e, apesar de que Jesse me irritou em alguns momentos, principalmente na falta de paciência com o pai. Mas vale muito a pena ler, é um livro emocionante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciano, como eu cuide de pai e mãe idosos, eu até o entendia, nem sempre é fácil :) Ele superou minha expectativa tb!

      Excluir
  2. A capa já "passa" a sensação de ser um drama. O olhar pensativo do senhor de idade e a cara fechada dos jovens, dá a entender que o relacionamento não vai bem.

    Pretendo lê-lo em breve.

    Boa semana e bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso não gosto de capas com fotos, nem sempre passam o que é, como nesse caso, além de interferir na nossa imaginação quanto aos personagens. beijo e boa semana!

      Excluir
  3. Também não gosto de capas com fotografias de pessoas.
    Gostei da resenha, já tinha visto a sinopse mas é a primeira resenha que leio. O livro parece ser bem tocante, e o relacionamento entre pai e filho deve mesmo mexer com a gente, vou colocar na minha lista gostaria muito de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, mexeu bastante comigo, até porque minha relação com meu pai era bem complicada. Vai gostar! beijos

      Excluir
  4. Hum, parece ser um livro legal, com partes emocionantes e reflexivas. Eu o leria.
    Gostei da resenha!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Erica, me levou a refletir e me emocionou. Obrigada :)

      Excluir
  5. aii Luci, que linda a resenha!
    tbm não gosto muito de capas com pessoas, e esta não é uma das mais bonitas.. mas fazer o que né! :P
    quero muito ler este livro ;~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rayme :) E capa tem que nos conquistar tb, nãoé?

      Excluir
  6. Preciso muito ler esse livro!
    Está na lista!

    Beijos
    Rízia - Livroterapias
    livroterapias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. A capa não me conquistou mas a sua resenha sim.
    Li algumas resenhas mas nenhuma tinha me chamado muito a atenção.. agora fiquei curiosa.
    Está na minha lista de desejados!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que despertei sua curiosidade, Erica :)

      Excluir
  8. Nahim...Luci! Também li esse livro e me emocionei e apaixonei pela trama! Bastante reflexiva e linda, né? Ameii demais.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  9. A historia me chamou um pouco a atenção, mas a capa... a capa me deu a impressão de que seria uma historia meio clichê.

    ResponderExcluir
  10. Nunca ouvi falar do autor, mais amei a historia do livro parece ser ótima...
    A capa é muito bonita!

    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Layse, também não conhecia o autor, mas gostei muito da forma como escreve.

      Excluir
  11. Uau,adorei a resenha,é o tipo de livro que leio e não consigo parar enquanto não termino.Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alyne, é bem assim mesmo, não dava vontade de parar de ler :) beijo

      Excluir
  12. bem redigida sua resenha parabéns!!!! adorei a capa muito perfeita mesmo, acho que esse estará em minha lista de natal!

    ResponderExcluir
  13. A resenha está incrível! Adorei tudo, e parece aquele livro que você não para enquanto não o termina! Quero muito comprá-lo! :D

    ResponderExcluir
  14. Oi Luci!
    Achei a resenha interessante, provavelmente o tipo de livro que tem dramas familiares com assuntos mal resolvidos, e no caso a relação entre pais e filhos, onde o filho não tem sorte no amor,por causa de relacionamentos fracassados e o pai perdeu o amor de sua vida , depois desse acidente o pai vai ter que morar com o caçula ou então seria mandado para o asilo.O pai vai ficar triste e chocado com o comportamento do filho em relação ao amor. Também vai mostrar como é a vida dos personagens com seus sofrimentos e suas vidas,fiquei realmente muito curiosa para descobrir o que acontece no final.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita!
Seu comentário é muito bem vindo!
Volte sempre !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...